← Voltar para a página inicial do Blog

Como monitorar os preços dos concorrentes nos marketplaces?

marketplace

Muitas empresas dedicam tanto tempo analisando seus processos internos que se esquecem da importância de estar atento às ações da concorrência, monitorando ações e preços praticados. Essa visão ajuda a entender como as empresas estão posicionadas no mercado, como se comportam em diferentes momentos, como na crise, viabilizando novos processos para melhorar ou equiparar a performance do negócio em relação aos demais players.

Obviamente, além do preço, outros pontos devem ser observados – se um cliente elogia os serviços de uma empresa concorrente através de uma avaliação, este é um sinal de que a sua pode adotar um processo parecido. Por outro lado, se eles reclamam da concorrência, você pode focar em oferecer soluções que supram tal deficiência. O importante é estar de olho sempre para manter-se competitivo!

Veja algumas dicas para melhorar sua performance dentro do marketplace:

Como monitorar a concorrência

Ao monitorar os concorrentes, é essencial fazê-lo como se estivesse analisando a sua própria empresa. Portanto, o primeiro passo é definir quais pontos serão avaliados: como faz as ações de marketing, como constrói relacionamento com o cliente, em quais redes sociais estão presentes, quais são seus principais clientes, entre outros.

Dessa maneira, é possível levantar um volume de informações para entender o que faz a concorrência e também avaliar o que deve ser feito para aprimorar os processos internos com a finalidade de melhorar os resultados e garantir a satisfação de antigos e novos clientes.

A importância de monitorar os preços dos concorrentes

Tanto em lojas físicas quanto no e-commerce, a decisão de compra de muitos clientes gira em torno do preço praticado pelo lojista. Afinal, hoje, os potenciais consumidores podem fazer pesquisas por diferentes sites, listar quais são aqueles que fazem a melhor oferta e escolher quem oferece o valor mais barato.

Tendo em vista a importância do preço na hora de vender, você deve ter controle sobre ele em relação à concorrência. Quando se tem poucos produtos e baixa concorrência, é fácil fazer essa análise. Mas, quando se tratam de muitos produtos inseridos num mercado altamente competitivo, cujos preços mudam constantemente, é preciso ter uma ferramenta voltada unicamente para isso.

Ferramentas para comparar preços

Usar um comparador de preços é a forma mais fácil e rápida de saber quais valores estão sendo praticados para um determinado produto ou serviço. Contratar esse tipo de ferramenta para monitorar a concorrência pode trazer resultados mais completos e abrangentes, tais como:

  • Posicionamento dos seus produtos em relação à concorrência, assim como quais são os preços mais altos, mais baixos e similares;
  • Aumento e diminuição de preços ao longo do tempo devido a mudanças no mercado ou novas tendências;
  • Quais produtos o seu concorrente oferece a caráter exclusivo, quais não possui estoque, etc.

Tomando como base essas informações, você pode decidir mais assertivamente qual é a melhor margem de preços a ser trabalhada de modo que não seja muito baixo a ponto de prejudicar os lucros, nem muito alto de modo a assustar o público. Saber esses pontos também é essencial para definir mudanças de catálogos ou negociações com fornecedores.

Outros pontos que também devem ser analisados

O preço é importante, mas não é tudo. Também é preciso levar em conta outros pontos que diferenciam você e seu concorrente dentro do marketplace, por exemplo: com que frequência ele faz lançamentos de novos produtos ou linhas, o quão completo é o seu mix, quais são as suas condições de pagamento, se as tarifas de frete são mais atrativas que as suas, dentre outros que podem influenciar a decisão de compra do cliente.

Portanto, comece essa análise ficando atento às promoções da concorrência. Lojistas de varejo costumam tirar vantagem de datas comemorativas para vender mais, por isso você também deve estar atento a essas oportunidades. Contudo, não faça exatamente o mesmo que a outra loja faz, invista em algo diferente.

Verifique quais são as palavras-chave que a concorrência está usando e inclua elas em seus canais como sites e blogs. Algumas ferramentas podem lhe ajudar a fazer isso como, por exemplo, o Sem Rush.

Navegue pelos sites da concorrência e analise-os detalhadamente, a fim de saber como eles expõem suas ofertas, quais linguagens visuais usam, quais produtos ganham mais destaque e quais aparecem menos. Verificar tudo isso pode trazer ideias para aplicar a sua loja. Contudo, não dedique muito do seu tempo a isso, uma hora por semana é mais do que o suficiente. Afinal de contas, o foco do trabalho deve estar voltado aos seus serviços e a satisfazer as necessidades dos seus clientes.

Com todas essas ações, você poderá ter uma vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes no marketplace. Se os clientes se esforçam para descobrir as diferenças que existem entre você e seus concorrentes antes de realizar uma compra, você deve esforçar-se ainda mais para saber em qual contexto sua empresa está inserida e, dessa forma, ter embasamento para tomar as melhores decisões para seu negócio.

Se quiser saber mais detalhes sobre monitoramento de concorrentes, confira as considerações que listamos para você.

marketplace_banner-conteudo_v2 (2)

 

Gostou desse conteúdo?