← Voltar para a página inicial do Blog

Buybox: O que é e como fazer parte dele

49264-estender-buybox-o-que-e-e-como-fazer-parte-dele

Um consumidor entra em um Marketplace e faz a busca por um determinado produto. Apesar dos muitos vendedores, um deles é destacado como “Melhor Oferta”, levando em conta critérios de ordenação deste próprio deste canal. Essa posição, responsável por gerar maior número de vendas para o varejista em destaque é o famoso BuyBox, ou, traduzido ao pé da letra, “Caixa de Compra”, responsável por US$ 56 dos 62 bilhões vendidos pela Amazon.com em 2015.

Para se ter uma ideia do crescimento que vem pela frente no Brasil, as vendas de parceiros (modelo Marketplace) nos sites da B2W e Cnova representaram 7% e 12% do seu faturamento em 2015, respectivamente.

No entanto, estar nesse espaço privilegiado não é simples. E ao contrário do que muitos varejistas pensam, não é apenas o preço que é levado em conta na hora de dar mais visibilidade ao varejista. Outros critérios como reputação e tempo de entrega também pesam.

Confira abaixo alguns dos pontos que o Amazon.com leva em conta para o varejista virtual conquistar um espaço no BuyBox:

Preços praticados

Esse é um fator muito importante, e obviamente os valores mais baixos levam vantagem. Como a grande maioria dos compradores do comércio eletrônico optam por esse meio, devido a preços mais atraentes do que os encontrados nas lojas físicas, é importante que a concorrência seja sempre monitorada para garantir que não se perca vendas por discrepâncias nos valores utilizados.

Claro que você não deve reduzir preços para além da sua capacidade, mas lembre-se que é muito melhor para a reputação de um negócio – inserido em um contexto de buscas no oferecimento de custo-benefício — que a margem de lucro seja baseada tanto na quantidade vendida quanto na qualidade do que é entregue ao cliente. Além disso, existem outros itens como frete, por exemplo, que também são considerados pelo Marketplace na hora de destacar a oferta.

Reputação do varejista

O número de feedbacks positivos e as notas dadas pelos consumidores para cada vendedor nos últimos 365 dias são essenciais para determinar se a loja aparecerá ou não no BuyBox. Na Amazon.com, por exemplo, é necessário que a qualificação seja acima de 98%. E vale ressaltar que os principais aspectos observados pelos consumidores são: preço, qualidade, tempo de entrega e atendimento na fase pós-venda. Portanto, não abra mão da minúcia em nenhuma fase da jornada de compra.

Política de frete

O tempo de entrega é mais um item importantíssimo para o marketplace. Aqueles que conseguem fazer com que o produto esteja em até dois dias nas mãos do consumidor levam vantagem. O valor é outro aspecto muito determinante na decisão final — fretes com valores muito altos, mesmo os que prometem entrega rápida — costumam afugentar clientes.

Como o preço cobrado pelo frete é considerado pelos consumidores como parte do valor do produto, é importante que a redução destas taxas se torne uma das principais metas do seu time de vendas e logística. Quando possível, promoções com frete grátis também costumam trazer excelentes retornos.

Outros fatores como pontualidade de entrega e possibilidade de rastreamento do produto contribuem para ganhar visibilidade. Portanto, procure boas parcerias com transportadoras ou, até mesmo, com os correios — de modo a tentar garantir que os produtos cheguem nas mãos dos compradores o mais rápido possível.

Controle de estoque

Poucas coisas “queimam” mais o filme com o consumidor do que vender um produto que não está disponível em estoque e fazer com que ele espere muito mais que o prazo alegado para receber a mercadoria em mãos. Vendedores que possuem um bom histórico de compras e vendas sem atrasos (sem muitas reclamações por indisponibilidade no estoque) conseguem destaque nas disputas no BuyBox.

É de suma importância evitar inconstâncias como, por exemplo, vender muito e entregar rápido em um período e, na sequência, permanecer sem estoque. Desse modo, procure sempre antecipar e abastecer as mercadorias de maior demanda para atender os milhares de clientes que poderão te encontrar pelo BuyBox.

Atendimento é importante para otimizar o BuyBox?

Um contato em até 12 horas é o tempo aceitável para responder ao consumidor por e-mail ou outro canal de atendimento. Se passar disso, as chances de estar no BuyBox diminuem consideravelmente. Pode parecer uma informação básica, mas faz toda a diferença direcionar os investimentos para:

  • Agilidade no atendimento;
  • Ofertas com base no perfil do comprador;
  • Foco em qualidade e não em quantidade de chamadas.

Outro aspecto de grande influência para ficar no topo do BuyBox é a diversificação dos canais de atendimento oferecidos aos clientes. Atender por telefone, e-mail, chat e redes sociais, por exemplo, faz toda a diferença, tanto na satisfação do cliente quanto para a avaliação do seu varejo — no ranqueamento do BuyBox.

Em muitos casos a opção que aparece em primeiro lugar no Buybox da Amazon não é, necessariamente, aquela com o menor preço. Isso ocorre porque o algoritmo utilizado por eles avalia todos os itens que elencamos nos tópicos acima. Por esse motivo, fazer investimentos para garantir a otimização de todas essas frentes é essencial para que o seu varejo ganhe visibilidade no BuyBox e saia à frente da concorrência.

Ter um negócio bem estruturado e uma ampla oferta de produtos na sua loja virtual não é o bastante para sobressair e conquistar um maior número de vendas no mercado digital. Alinhar estratégias às práticas necessárias para tornar-se referência no BuyBox é indispensável para aqueles que desejam reais posicionamentos de mercado, influenciando diretamente na percepção de marca ao público.

O caminho é bem desenhado e as vantagens são claras, só depende de o lojista estar no BuyBox. Em tempos de crise, adiantar passos em relação ao concorrente é essencial para garantir a venda e a prosperidade global da empresa!

E então, leitor? Gostou do artigo que preparamos? Ele solucionou todas as dúvidas sobre o BuyBox? Aproveite para ampliar ainda mais as suas chances de sucesso no varejo com o nosso post sobre como criar um planejamento estratégico para a sua loja virtual. Não deixe de conferir!

marketplace_banner-conteudo_v2 (2)

Gostou desse conteúdo?

Posts relacionados