← Voltar para a página inicial do Blog

5 pontos que você precisa dominar para abrir uma loja virtual

Sabia que o Brasil é o 10º país com maior número de vendas por e-commerce do mundo? Essa posição não se deve apenas a seu volume populacional ou ao ímpeto de consumo dos brasileiros, mas também à habilidade gerencial dos empreendedores ao abrir uma loja virtual.

Verdade seja dita: os donos de e-commerces brasileiros estão cada dia mais especializados, buscando informações consistentes para aplicar o conhecimento adquirido na gestão do negócio. Mas que áreas é preciso dominar para garantir o sucesso de um e-commerce? Descubra agora mesmo!

Planejamento

Para levar qualquer empreendimento adiante, mesmo que não seja necessário contar com uma infraestrutura física, é preciso planejamento. Assim como todos os demais tipos de empresa, portanto, o e-commerce é criado para gerar lucro, fomentar o desenvolvimento econômico do país e atender às necessidades do público-alvo.

Por tudo isso e muito mais, fatores como projeção do fluxo de caixa, análise de viabilidade econômico-financeira, gestão de pessoas, marketing e investimentos devem ser levados a sério para que se tenha total controle tanto sobre os ativos como sobre os passivos do negócio, administrando adequadamente o empreendimento.

Plataforma

O segundo grande fator para abrir uma loja virtual de sucesso é a escolha da plataforma, que será o principal ponto de contato com o cliente. Nesse quesito, é essencial oferecer usabilidade, navegabilidade e velocidade de carregamento para fazer com que as pessoas não só cheguem, mas fiquem no seu e-commerce.

Além disso, o design deve ser funcional, a arquitetura da informação tem que favorecer o encontro rápido dos produtos e serviços e o caminho entre mercadoria e checkout deve ser o mais curto possível.

Pagamento

A gestão financeira do e-commerce só se torna efetiva quando você tem uma plataforma de pagamentos segura e funcional, que permita o checkout transparente e reúna todas as informações relevantes para o consumidor em uma única página.

Para poupar tempo e evitar que o consumidor repense sua decisão de compra, a solicitação de dados deve ser mínima. Afinal de contas, você não quer gerar abandonos de carrinhos e chargebacks posteriores, certo?

Logística

O setor logístico é responsável por boa parte dos custos de um e-commerce, independentemente do seu tamanho e do tipo de parcerias formadas com agentes de transporte. A correta administração dos processos logísticos garante maior eficiência operacional e qualidade das entregas, o que impacta significativamente na satisfação do consumidor.

Nesse sentido, mais do que simplesmente planejar um fluxo de envios, é preciso conhecer a fundo toda a cadeia logística. Assim você conseguirá otimizá-la, de modo a reduzir custos e elevar tanto a qualidade como a agilidade dos serviços prestados.

Pós-venda

Não se engane: o trabalho de uma loja virtual não termina no momento da entrega do produto ao consumidor. Aliás, muito pelo contrário! Aí é que começa o verdadeiro relacionamento, a fidelização e o engajamento necessários para gerar novos negócios.

Para estabelecer uma boa relação com a audiência, o e-commerce precisa estar atento às necessidades dos clientes e supri-los com informação relevante e útil. Também é imprescindível investir na capacitação da equipe para oferecer um atendimento diferenciado, que supere as expectativas iniciais da compra.

Cada um dos 5 pontos vistos aqui é um pilar para um e-commerce de sucesso. Sendo assim, ao abrir uma loja virtual, certifique-se de que você estará levando em consideração a participação de cada área para a construção de uma marca forte e valorizada no mercado.

Mas agora nos conte: você acrescentaria algum ponto à nossa lista? Deixe seu comentário e enriqueça nosso post!

Gostou desse conteúdo?

Posts relacionados