← Voltar para a página inicial de Imprensa

Precifica no Valor Econômico

Valor Econômico

Precifica no Valor Econômico

A entrega de produtos não é o único gargalo das companhias de comércio eletrônico. A capacidade de redefinir preços para atrair clientes quando um concorrente está sem estoque ou encerrou uma promoção também exerce um papel decisivo nos resultados dessas empresas. Para atender a essa demanda, Walter Sabini Júnior e Ricardo Ramos acabam de lançar a Precifica. Ambos são fundadores da Virid Interatividade Digital, empresa de marketing por e-mail vendida em 2011 para a Experian.

O carro-chefe da Precifica é um software que permite a uma loja virtual monitorar em um site, 24 horas por dia, os preços praticados por seus concorrentes e fazer o reajuste automático dos itens que mantém em estoque.

O software pesquisa preços divulgados nas próprias lojas virtuais, em sites comparadores de preços, e-mails de promoções, pacotes de compras coletivas e anúncios feitos no site de buscas do Google. Pelo site da Precifica, a loja virtual consegue comparar os preços que oferece em relação aos praticados pelos concorrentes e pode, a partir daí, definir novas estratégias de vendas, que são colocadas em prática de forma automática.

Ramos, sócio-diretor da Precifica, disse que o site de comércio eletrônico pode estabelecer parâmetros para essas mudanças. Uma das possibilidades é estipular que os preços de sua linha de smartphones fiquem sempre 5% abaixo do praticado pelos concorrentes até atingir uma cotação mínima que seja considerada lucrativa.

A companhia também pode oferecer frete grátis como um diferencial em relação às demais lojas, elevar preços quando um item que possui estiver em falta nas lojas virtuais concorrentes, entre outras estratégias. Além disso, o programa envia alertas quando os preços dos competidores estão abaixo do valor que a companhia pratica. “O software também ajuda a avaliar os valores pagos aos fornecedores. Se os concorrentes oferecem um preço muito mais baixo, é hora de questionar o fornecedor”, disse.

Para que a atualização automática dos preços tenha uma resposta rápida na internet, o programa é conectado às agências de publicidade que fazem os anúncios on-line, para que possam alterar os anúncios que estão na web.

O programa também é conectado ao sistema de anúncios do site de buscas do Google. “Isso evita que o lojista perca dinheiro com algumas campanhas”, disse Walter Sabini Júnior, sócio-diretor da Precifica. Para atrair consumidores, as lojas virtuais anunciam no Google e pagam por cada internauta que chega ao seu site após clicar nesse anúncio. Se o estoque da empresa acaba, ela continua pagando pelos internautas visitantes, que não vão comprar o item. O uso do software, segundo Ramos, permite ao lojista virtual suspender temporariamente o anúncio no site quando falta estoque do produto.

No exterior, ferramentas desse tipo são oferecidas por companhias como a canadense 360pi, a inglesa Profitero.com e a americana Upstream Commerce. A Precifica foi fundada com investimento de R$ 5 milhões feito pelos sócios. A companhia também oferece o mesmo serviço para fabricantes de eletroeletrônicos. A meta dos sócios é atrair cem clientes de grande porte em um ano.


© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

Leia mais em:
http://www.valor.com.br/empresas/3048474/novo-sistema-line-monitora-e-faz-reajuste-automatico-de-precos#ixzz2Okk0wypJ

Gostou desse conteúdo?