Moça sorridente com uma maçã na mão e com uma sacola de papel reciclado com verduras e frutas, na outra mão

Tecnologia e sustentabilidade

Por Precifica | 12 de maio de 2022

Atualmente, sustentabilidade e tecnologia estão entre os temas mais discutidos no mundo inteiro. E, todos sabemos que, cada vez mais essas duas vertentes estão conectadas. 

 

Empresas digitais contribuem com o ESG

Hoje, no nosso blog, queremos lhe mostrar, como empresas como a Precifica e SuperOpa são exemplos de como a digitalização dos processos contribui para que as atividades industriais, comerciais e de serviços sejam geridas com base no conceito ESG (sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança).

 

O SuperOpa

O SuperOpa é um marketplace da indústria de alimentos. Foi criado em 2018 e aproxima os consumidores finais das distribuidoras de alimentos. Dessa forma, contribui para a redução de desperdício no país.

A empresa opera em mais de 500 cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Ela negocia grandes descontos com os fornecedores e revende as mercadorias com preços muito inferiores aos do mercado tradicional. Assim, evita que toneladas de alimento sejam descartados, poluindo o meio ambiente. Em simultâneo, o modelo de negócio facilita o acesso de famílias a alimentos como carnes que, por causa da crise econômica, se tornaram raras nas mesas de muitos brasileiros. 

“Chegamos a comercializar produtos com preços 80% menores do que os praticados no mercado tradicional. De 2020 para cá, já evitamos o descarte de mais de 200 mil quilos de alimentos, afirma Cristiane Lamanna, Head de Marketing, do SuperOpa. 

Para o modelo de negócio dar certo, é preciso muita agilidade em todas as etapas do processo. Por isso, o SuperOpa opera com alto índice de automação e digitalização.

 

A Precifica

Agilidade e informação precisa para facilitar a tomada de decisões é o que nós oferecemos ao mercado. Somos especialistas em soluções de pricing, e desenvolvemos uma solução baseada em inteligência artificial, capaz de otimizar o controle de estoque, acompanhar o mercado e aplicar preços conforme o cenário de vendas.

 

Inteligência artificial

O nosso algoritmo está conectado aos processos tradicionais de formação de preços, como custo do produto, impostos, despesas gerais e o tempo de validade. E ele é capaz de fazer a leitura da política comercial da empresa. Desta forma, gera o volume de venda necessário a fim de evitar ou reduzir ao máximo o percentual de itens encalhados, mantendo uma boa margem de lucro.

“Nosso sistema com tecnologia de Inteligência Artificial promove sustentabilidade à medida que traz maturidade de preço para quem conduz a precificação. Está muito claro que existe oportunidade no mercado porque a indústria e varejo estão deixando de vender por não conseguirem estipular o preço correto para dar vazão no tempo certo”, explica Ricardo Ramos, nosso CEO.

 

Mais facilidade para gerenciar produtos

Estas oportunidades de melhoria são reflexo da dificuldade de gerenciamento correto desse grupo de produtos. Nesse sentido, a solução que disponibilizamos consegue entender o ciclo de giro de estoque, principalmente para produtos que têm validade. 

“Nossa proposta é olhar continuamente através de modelos matemáticos bastante precisos e entender em que momento essa política de preços precisa convergir para uma política que venda mais volume para atingir o objetivo de validade ou de giro de estoque”, complementa o nosso CEO. 

Assim com tecnologia, auxiliamos as demais empresas a alcançarem suas metas de sustentabilidade nos quesitos meio ambiente (ao evitar o descarte) e responsabilidade social (ao tornar a comida mais acessível num momento que poderia ser dispensada). Além disso, contribuímos de forma direta para o quesito governança. Isto porque agilizamos os processos de controle de estoque e precificação e asseguramos boas margens de lucro, essenciais para a saúde financeira de qualquer companhia.

Quer ficar por dentro das novidades?
Assine nossa newsletter!

Consentir*